Corinthians – Maior campeão da história do Pacaembu [Parte 1]

Saudações corinthianas!

O corintiano sempre teve orgulho em bradar que o Pacaembu foi a sua casa, e isso não ocorre à toa, pois durante 74 anos (entre 27 de abril de 1940 e 27 de abril de 2014) o palco aberto pela Prefeitura de São Paulo para a realização de grandes eventos na capital paulista teve tons mais alvinegros do que quaisquer outras cores, afinal de contas foi o Corinthians quem mais jogou no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (ganhou este nome em 1961), ou, simplesmente Pacaembu.

Essa identificação corintiana concentra-se no fato de que seus estádios próprios, o Estádio da Ponte Grande e posteriormente o Estádio do Parque São Jorge (Alfredo Schürig), carinhosamente apelidado de Fazendinha, não conseguiam comportar seus públicos.

Entretanto deixarei para detalhar sobre os estádios em um próximo post, pois o tema central deste, relaciona-se em objetivar as conquistas corintianas no estádio do Pacaembu e contestar a mídia anticorintiana que apregoa de forma equivocada, que é o rival alviverde do Corinthians, o maior campeão do estádio.

A seguinte pesquisa histórica utiliza como parâmetros, a relação de títulos do Corinthians e do Palmeiras divulgada de forma oficial através de seus respectivos websites, números sobre história, Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF Brasil), estatísticas obtidas através do Almanaque do Timão e fatos registrados pelo acervo de jornais digitalizados disponibilizados pela Folha de São Paulo.

Corinthians no Pacaembu:
1.690 jogos
966 vitórias
397 empates
327 derrotas
3.309 gols marcados
1.925 gols sofridos

Palmeiras no Pacaembu:
1114 jogos
565 vitórias
300 empates
249 derrotas
2035 gols marcados
1308 gols sofridos

O Pacaembu é o palco que mais vezes recebeu o clássico: 152 partidas, com 60 vitórias do Corinthians, 46 do Palmeiras e 46 empates.

Todos os 34 títulos do Corinthians no Pacaembu:

1941 – Torneio Início (contra a Portuguesa Esportes)
1941 – Taça de Campeões Rio-São Paulo (contra o Fluminense)
1941 – Taça Duque de Caxias (contra o Palestra Itália)
1942 – Troféu Quinela de Ouro (contra o Palestra de São Paulo)
1942 – Taça Manoel Domingos Corrêa (contra o Palestra de São Paulo)
1942 – Taça Cidade de São Paulo (contra o Palestra de São Paulo)
1943 – Taça Cidade de São Paulo (contra o Palmeiras)
1944 – Torneio Início (contra o Ypiranga)
1947 – Taça Cidade de São Paulo (contra a Portuguesa de Desportos)
1948 – Taça Cidade de São Paulo (contra o Palmeiras)
1949 – Taça R. Monteiro (contra a Portuguesa)
1950 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Botafogo)
1951 – Campeonato Paulista (contra o Guarani)
1952 – Taça Cidade de São Paulo (contra o Palmeiras)
1953 – Torneio das Missões/Taça Tibiriçá (contra o São Paulo)
1953 – Taça Prefeitura Municipal de São Paulo (contra o São Paulo)
1954 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Palmeiras)
1954 – Taça Charles Miller (contra o São Paulo)
1954 – Campeonato Paulista (contra o Palmeiras)
1955 – Torneio Internacional Charles Miller (contra o Benfica-POR)
1955 – Torneio Início (contra o Linense)
1956 – Torneio Copa do Atlântico (contra o São Paulo)
1956 – Taça dos Invictos (contra o São Paulo)
1957 – Taça dos Invictos (contra o Santos)
1957 – Torneio de Classificação do Campeonato Paulista (Palmeiras)
1958 – Taça Charles Miller (contra o São Paulo)
1962 – Taça Piratininga (contra o São Paulo)
1966 – Taça Laudo Natel (contra o São Paulo)
1966 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Santos)
1987 – II Torneio Internacional de Verão (contra o Colonia-ALE)
2009 – Campeonato. Paulista (contra o Santos)
2011 – Campeonato Brasileiro (contra o Palmeiras)
2012 – Libertadores da América (contra o Boca Juniors-ARG)
2013 – RECOPA Sul-Americana (contra o São Paulo)

Todos os 25 títulos do Palmeiras no Pacaembu:

1940 – Taça Cidade de SP (contra o Corinthians)
1940 – Campeonato Paulista (contra o São Paulo)
1942 – Torneio Início (contra o Santos)
1942 – Campeonato Paulista (contra o São Paulo)
1942 – Taça Campeões Rio-São Paulo (contra o Flamengo)
1944 – Campeonato Paulista (contra o São Paulo)
1946 – Taça Cidade de SP (contra o São Paulo)
1946 – Torneio Início (contra o São Paulo)
1947 – Taça Campeões Rio-São Paulo (contra o Vasco)
1950 – Taça Cidade de SP (contra o São Paulo)
1950 – Campeonato Paulista (contra o São Paulo)
1951 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Corinthians)
1951 – Taça Cidade de SP (contra o São Paulo)
1959 – Campeonato Paulista (contra o Santos)
1959 – Torneio Roberto Ugolini (contra o São Paulo)
1960 – Taça Brasil (contra o Fortaleza)
1960 – Torneio Roberto Ugolini (contra o São Paulo)
1963 – Campeonato Paulista (contra o Noroeste)
1965 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Botafogo)
1967 – Torneio Roberto Gomes Pedrosa (contra o Grêmio)
1972 – Torneio Laudo Natel (contra a Portuguesa)
1972 – Campeonato Paulista (contra o São Paulo)
1993 – Torneio Rio-São Paulo (contra o Corinthians)
1994 – Campeonato Brasileiro (contra o Corinthians)
2014 – Troféu Julinho Botelho (contra a Fiorentina-ITA)

Dos 34 títulos conquistados no Pacaembu pelo Sport Club Corinthians Paulista, 11 foram comemorados contra o Palestra/Palmeiras, sendo 4 contra o Palestra de São Paulo e 7 contra Palmeiras. Em contrapartida houveram 4 dérbis paulistas decisivos no Pacaembu que foram favoráveis ao rival alviverde do Timão.

Mas porque na relação do Palmeiras, não consta o título do Campeonato Brasileiro da Série B?

Fonte: Acervo Folha

Em respeito à centenária história da Sociedade Esportiva Palmeiras, foi estipulado como critério não considerar títulos relacionados à divisões inferiores como por exemplo a Série B de 2013 conquistada pelo Palmeiras no Pacaembu em 16/11/2013 contra o Boa Esporte. Afinal de contas, na 32ª rodada, quando garantiu o retorno à elite do futebol brasileiro após empatar em 0 x 0 contra o São Caetano neste mesmo Pacaembu, o alviverde imponente saiu de campo sob vaias da própria torcida que entoavam “Segunda divisão não é mais que obrigação”, “time sem vergonha!”, etc.

 

E o título do Campeonato Paulista de 1966, foi esquecido?

O dérbi paulista de 11 de dezembro de 1966 disputado no Pacaembu também não foi considerado (como definido na própria lista oficial do Palmeiras) embora o resultado da partida tenha proporcionado o título à Sociedade Esportiva Palmeiras que sagrou-se Campeão Paulista de 1966 e poderia ter comemorado o título no Pacaembu em um dérbi paulista em seu penúltimo compromisso pelo Campeonato Paulista.

Porém, a derrota para o Corinthians por 1 x 0, fez com que a decisão do título fosse adiada para o dia seguinte, quando o Santos foi derrotado pela Portuguesa por 1 a 0 e perdeu a chance de alcançar o Alviverde que conquistou seu 15º título.

 

Para relembrar, Não perca o próximo post!

Irei detalhar todos os títulos conquistados pelo Corinthians já nos anos 40, década de fundação do estádio que é tido como o mais charmoso e tradicional de São Paulo.

VAI CORINTHIANS!!!

Escrito por